top of page
  • Victor Hugo

Anti-inflamatórios esteroidais: como podem acabar se tornando os vilões

Para início de conversa, você sabe o que são os anti-inflamatórios esteroidais? Eles são anti-inflamatórios hormonais que têm como finalidade atuar de maneira análoga ao cortisol - hormônio produzido pela glândula suprarrenal, e que possui a capacidade de combater inflamações.

Porém, por serem sintéticos, os esteroides acabam sendo mais potentes do que o próprio cortisol, o que indica alta eficiência no combate ao processo inflamatório.


Todavia, tudo em excesso faz mal, e é claro que medicamentos potentes como esses não fugiriam dessa regra. Então, vamos ver mais sobre o uso excessivo dos anti-inflamatórios esteroidais e as consequências disso?

Como funcionam essa classe de medicamentos?

Os anti-inflamatórios hormonais atuam de maneira sistêmica no nosso organismo, ou seja, atuam nele como um todo.

Logo, seu uso a longo prazo também provoca efeitos colaterais que acabam envolvendo quase todos os nossos órgãos.

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns são:

  • Pele mais fina, com estrias e equimose (manchas provocadas pelo extravasamento de sangue);

  • Hipertensão arterial;

  • Elevados níveis de açúcar no sangue;

  • Catarata;

  • Inchaço no rosto (rosto em forma de lua cheia) e abdômen;

  • Afinamento dos membros superiores e inferiores (braços e pernas);

  • Má cicatrização de feridas;

  • Déficit no crescimento de crianças;

  • Perda de cálcio nos ossos (podendo resultar em osteoporose);

  • Fome;

  • Ganho de peso;

  • Alterações de humor.


Quais são as consequências de um uso discriminado?

Sendo assim, como todo medicamento, deve ser usado apenas sob prescrição médica. Sua eficiência na inibição de inflamação é bem maior que a dos AINEs (Anti-inflamatórios Não-Esteroidais), porém, o uso em longo prazo resulta em efeitos adversos que incluem imunossupressão, distúrbios de comportamento, reações psicóticas e pensamentos suicidas nos pacientes. Além disso, podem repercutir ainda mais intensamente, como por meio de: glaucoma, miopatia, úlcera péptica, necrólise avascular do colo femoral, Síndrome de Cushing (uma síndrome que deixa a face em formato de lua, aparecem estrias, acne).


Assim sendo, podemos comprovar que o uso indiscriminado dos anti-inflamatórios esteroidais pode ser maléfico de maneira diretamente proporcional às propriedades anti-inflamatórias que contêm.


Afinal, a inflamação não deve ser considerada sempre algo ruim, uma vez que não haveria cura sem inflamação, já que são substâncias produzidas durante o processo inflamatório as responsáveis pela indução da cicatrização e do reparo, sendo a maneira que seu corpo tem de responder à lesão sofrida.


A automedicação é fortemente presente na sociedade brasileira contemporânea, e isso se mostra um enorme perigo à saúde, uma vez que são administrados, sem prescrição médica, tanto anti-inflamatórios esteroidais como não-esteroidais, como resposta imediata da população a qualquer sinal de inflamação, mesmo que seja mínimo.


Disso vem a importância de uma urgente intensificação do combate à automedicação no Brasil, incluindo o consumo de anti-inflamatórios, com ênfase nos hormonais.


Quer saber um pouco mais do assunto?

Nós da Farmácia Júnior Consultoria UFMG possuímos em nossas redes sociais vários conteúdos em relação à área da saúde, alimentos, farmácia e drogaria e cosméticos.

Inclusive você pode descobrir alguns fatos e mitos acerca do assunto abordado neste texto em nossa publicação.

Além disso, caso esteja precisando de uma consultoria em seu negócio você consegue entrar em contato conosco por meio do nosso site.


Por Victor Hugo Moreira


Referências:

https://hospitalsiriolibanes.org.br/blog/gastroenterologia/tomados-em-excesso-analgesicos-e-anti-inflamatorios-podem-trazer-prejuizo-a-saude

https://www.megaimagem.com.br/blog/os-perigos-associados-ao-uso-dos-anti-inflamatorios/#

https://jornal.usp.br/atualidades/o-uso-excessivo-de-anti-inflamatorios-pode-causar-lesoes/

https://noticias.r7.com/saude/abuso-de-anti-inflamatorios-oferece-serios-riscos-a-saude-15122021

https://www.isaude.com.br/noticias/detalhe/noticia/os-perigos-do-uso-indiscriminado-de-anti-inflamatorios/

https://www.cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/131/030a045_entrevista_dr_balbino.pdf

https://www.youtube.com/watch?v=zv7y5Gmaf-o


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page