Desperdício zero: como reciclar resíduos alimentícios na sua empresa!



Você sabe da importância da reutilização dos resíduos alimentícios e como ela afetar o seu negócio? Aqui vamos te contar um pouquinho mais sobre esse assunto e como isso pode ajudar a alavancar ainda mais sua empresa!


Em quase todas as indústrias, principalmente nas alimentícias, é muito comum que grande parte das matérias-primas sejam jogadas fora, principalmente porque utiliza-se uma parte específica delas para fazer os produtos, enquanto o resto é descartado.


Mas afinal, por que é importante reutilizar esses resíduos?


Importância da reutilização dos resíduos!



Um dos primeiros pontos pelo qual é importante reutilizarmos nossos resíduos é tentar reduzir os danos que eles causam ao meio ambiente. Seja lixo orgânico, reciclável e tóxicos, visto que todos eles são grandes os causadores de poluição dos solos, águas e ar.


Assim, quando sua empresa colabora com o meio ambiente, não ajuda só o nosso planeta, apesar de esse ser um fator de extrema relevância e muito bem-vindo, mas também ajuda no marketing do seu negócio. Atualmente, os consumidores possuem uma vasta gama de marcas que fabricam o mesmo tipo de produto e, o crescente número de pessoas que prezam por comprar produtos de empresas que colaboram com o meio ambiente é notável, sendo este um diferencial de valor dentre as demais empresas.


Contudo, não para por aí! Quando pagamos por uma matéria-prima, temos um preço por todo o alimento incluído, se jogamos parte dele fora, é uma parte do dinheiro que também vai para o lixo! Então reutilizar é uma maneira de ter um melhor aproveitamento dos seus produtos e aumentar a porcentagem de lucro!


Certo, sabemos algumas das importâncias para a reutilização, mas como fazer isso?


Bom, não existe uma receita mágica para isso, mas o primeiro passo é conhecer o tipo de resíduos que sua empresa produz! Geralmente, para indústrias alimentícias, os resíduos tendem a ser:

  • Orgânicos: como cascas e restos de alimentos, além de alimentos vencidos ou que deram errados no processamento;

  • Reciclável: como embalagem dos produtos e das matérias primas;

  • Resíduos industriais de maior atenção: como sangue e diversos líquidos provindos de abatedouros;

  • Águas residuais de lavagem.

Mesmo após definir os tipos de resíduos, deve-se adequar que tipo de tratamento que irá dar para cada um, analisando uma série de fatores como: viabilidade, preço, espaço e quantidade de resíduos gerados.


Vamos falar de algumas possibilidades!


Reciclável:

Diversos materiais de embalagens podem ser reciclados, como exemplo: os papéis, plásticos, vidros, metais e etc.


Para esse tipo de resíduo é um pouco difícil de ter-se o meio de reciclá-los dentro da empresa, mas há muitos lugares especializados nisso, em que se junta os materiais selecionados em montes separados e os leva para terceiros que realizam o serviço desejado.


Orgânicos:

Para os orgânicos existem mais soluções, visto que, estes resíduos podem ser utilizados dentro de outros processos produtivos:


A primeira delas é o uso das partes que usualmente são jogadas fora em novas receitas.

Muitas cascas e outras partes descartadas de alimentos têm um valor nutricional considerável, que podem ser utilizadas em receitas tanto para enriquecer nutricionalmente, quanto como preenchimentos.


Sabe-se que nesse caso deve-se ter todo o cuidado de analisar o que está sendo usado na receita para verificar se não há mudanças de sabor ou se pode apresentar algum tipo de risco à saúde. Contudo, ao estudar os seus resíduos, é possível analisar quais deles são possíveis de utilizar em receitas e quais não. E, os que não são usáveis, ainda podem ter outros fins como fabricação de rações de animais e uso na compostagem.

Assim, por exigir uma certa análise para utilizar resíduos no processamento, é algo que não vem da noite para o dia, sendo necessário ter uma mudança de conceito e começar a pensar mais em como nossas atitudes afetam o futuro! Mudanças assim podem não ser tão visíveis a um curto prazo, mas são importantes durante o crescimento, além de ser um diferencial futuramente.


De qualquer modo, caso esteja querendo começar a buscar por novas soluções para sua empresa, como novas receitas utilizando os seus principais resíduos, vantagens nutricionais ou funcionais de substituir a matéria prima, e até mesmo a viabilidade do processo, nós da Farmácia Jr Consultoria realizamos desenvolvimentos de formulações de novos produtos e te ajudamos a descobrir mais facilmente como seus resíduos podem te ajudar a economizar!


Para mais informações sobre nosso produto, visite nosso site e entre contato conosco!



Referências utilizadas:

https://alimentosjunior.com.br/5398/

https://www.teraambiental.com.br/blog-da-tera-ambiental/o-que-fazer-com-os-restos-de-alimentos-de-ceasas-e-supermercados

https://transresind.com.br/as-solucoes-para-os-residuos-gerados-no-setor-alimenticio/


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo