O mercado dos cosméticos naturais: conheça as tendências da área!






Com o aumento da preocupação com os impactos causados ao meio ambiente e à saúde, o mercado de cosméticos naturais vem crescendo cada vez mais, direcionando esforços para a sustentabilidade de seus componentes e para a importância de uma formulação baseada em produtos que não sejam prejudiciais a saúde.


Os cosméticos estão presentes na sociedade desde a pré-história, na qual o seu uso era voltado para camuflagens e ornamentações, porém esses produtos se mostraram tóxicos por apresentarem compostos como o carbonato e o sulfeto de chumbo, que causavam irritações na pele. Com o passar do tempo, surgiu a necessidade do uso de cosméticos naturais, livres de substâncias tóxicas nocivas.

Por essa razão, cosméticos naturais vem ganhando mais espaço no mercado atual, proporcionando muitas vantagens para aqueles que os escolhem.



O que são os cosméticos naturais, afinal?


Segundo a Ecocert, certificadora brasileira com articulação internacional, para ser considerado um cosmético natural o produto deve ter um mínimo de 50% de ingredientes a base de plantas em sua fórmula e 5% de todos ingredientes devem ser orgânicos.

Já de acordo com o Instituto Biodinâmico, certificadora de matérias-primas orgânicas da América Latina, para ser considerado um cosmético natural o produto não pode conter corantes ou fragrâncias sintéticas, silicones, conservantes, derivados de petróleo e outros. Além da composição do produto, há uma série de processos de extração que devem ser evitados e regras quanto a origem da matéria-prima que devem ser seguidas.

O que diferencia os cosméticos naturais dos demais?


Além dos cosméticos naturais, estão presentes no mercado os orgânicos e os sintéticos. Os cosméticos orgânicos são aqueles que em sua composição 95% são matérias-primas certificadas como orgânicas. Seus outros 5% podem ser compostos por outras substâncias naturais. Já os cosméticos sintéticos são os que possuem ingredientes como silicone ou parabeno.



Quais são as vantagens do uso de cosméticos naturais?



O uso dos cosméticos naturais vem crescendo também devido a grande procura do público pelo uso de substâncias de origem natural que possam agredir menos a pele e também os cabelos. A pele é o maior órgão do corpo e o que passa-se sob ela é absorvido e levado à corrente sanguínea. Além disso, a epiderme é composta por várias vitaminas e sais minerais que são semelhantes às composições dos ingredientes dos cosméticos naturais. A interação dinâmica entre o organismo e os compostos naturais facilita a assimilação, pois o corpo absorve a substância natural ao invés de tratá-la como um produto químico estrangeiro e danoso, que pode resultar em reações alérgicas.


Sabe-se dos vários danos que os compostos sintéticos causam à saúde, e a partir disso o mercado vem se adequando para que possa atender àqueles que almejam consumir produtos de alta qualidade e que possuam em sua composição apenas compostos favoráveis, tanto para a saúde quanto para o meio ambiente.

No Brasil, a Natura, maior empresa de cosméticos da América Latina, é especialista em uso de ingredientes de origem natural e obtidos em processos controlados e ecologicamente éticos das faunas da Amazônia, Cerrado e a Mata Atlântica. Marcas internacionais, como a Weleda, também possui uma linha de produtos com uma abordagem verde.


Gostou de saber mais sobre os cosméticos naturais? Então não deixe de ler também nosso post sobre cosméticos orgânicos!


Por Bianca Shimizu

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Desenvolvido por Farmácia Jr. Consultoria.