Os benefícios dos cosméticos caseiros e como começar a manufatura domiciliar.

Atualizado: Mar 30

Sabe aquela receita que você aprende rapidinho e faz na cozinha? Já pensou em fazer algo totalmente artesanal não para a sua fome, mas para a pele ou cabelo? Saiba que essa é uma tendência que tem crescido cada vez mais no dia a dia das mulheres e até no mercado de cosméticos.


Os motivos para a troca do cosmético tradicional pelo caseiro são diversos, variam de aspectos econômicos até uma mudança de estilo de vida. Em relação a esse ultimo ponto, tem-se aumentado cada vez mais a procura por cosméticos veganos, que por definição não deve possuir ingredientes de origem animal e nem ser testado em animais. O veganismo é uma filosofia de vida que pretende abolir o uso e exploração de animais para qualquer atividade humana, como, por exemplo, desenvolvimento de produtos de beleza.


Outras duas vertentes de produtos caseiros são os produtos naturais e os produtos orgânicos. Apesar da confusão entre os termos, há uma clara diferença entre as definições:


O que é um cosmético natural?

Para agências reguladoras internacionais como Ecocert e IBD, é definido como  produto natural aquele que contém no mínimo 95% de ingredientes naturais e 5% de ingredientes orgânicos.


E o que é um cosmético orgânico?

Para as certificadoras de produtos orgânicos, um cosmético orgânico deve  possuir no mínimo 95% de matérias-primas orgânicas em relação à quantidade total de matérias-primas naturais utilizadas na formulação.


A troca dos cosméticos tradicionais pelos naturais, orgânicos e veganos também tem sido estimulada pelo maior acesso a informações sobre as substâncias presentes nos cosméticos tradicionais e também sobre a origem, o processo de produção e o impacto socioambiental deles. Você já parou para pensar nas substâncias presentes nos seus produtos diários e o risco que elas podem trazer para sua saúde?

Abaixo listamos algumas substâncias nocivas e muito presente nos cosméticos industriais.


Parabeno

Muito utilizado como conservante, é considerado uma substância com elevado potencial alérgeno, podendo causar irritações e desenvolvimento de dermatite atópica. Estudos têm mostrado que, a longo prazo, o contato com essa classe de substância está relacionado com o aumento da incidência de câncer de mama, uma vez que os parabenos mimetizam o estrogênio, o qual, em altos níveis, pode estimular células cancerígenas.


Chumbo

O chumbo é um metal pesado muito presente em batons, promovendo colorações mais vibrantes e duradouras. Segundo a FDA, uma análise feita em 2009 com 22 marcas distintas mostrou que apenas uma das marcas avaliadas não continha chumbo, reforçando a vasta utilização desse metal em batons. Devido a baixa capacidade de eliminação do chumbo pelo organismo, esse material é acumulado em vários tecidos, como ossos, pele e sangue. Ademais, pode prejudicar o desenvolvimento do feto em mulheres grávidas.




Etanolaminas

As etanolaminas fazem parte de uma classe de substâncias que são largamente utilizadas para ajuste de pH e melhoria de sistemas emulsionantes, como cremes, condicionadores, entre outros. A Organização Mundial de Saúde classificou as etanolaminas como substâncias carcinogênicas.


Triclosan

Muito usado como agente antimicrobiano, seu uso em excesso pode afetar músculos do corpo inteiro, causando fraqueza e perda de massa corporal.

Além de evitar o contato com substâncias tão prejudiciais, os cosméticos caseiros, naturais e orgânicos possuem a vantagem de apresentarem princípios ativos com eficiência comprovada, como é o caso da aloe Vera, muito utilizada como calmante para pele e para a redução da oleosidade. Óleos essenciais, como o tea tree, também tem sido muito explorado para o tratamento de acnes, devido suas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas. Como bases muito utilizadas temos os óleos vegetais 100% puros, além das argilas. Diante disso, a utilização desses produtos é uma boa alternativa para a aversão aos tradicionais.


Para você fazer produtos bons e efetivos é necessário que algumas dicas são essenciais


Conhecimento nunca é demais

Como foi dito anteriormente, é possível fazer produtos muito bons e eficazes, mas para isso é necessário que seja feito uma pesquisa aprofundada para conhecer exatamente sobre os princípios ativos a serem usados, sua eficácia e segurança. Procure por artigos e sites confiáveis. Cursos online também são uma boa opção!


Bom senso é tudo!

Muitas pessoas pensam que tudo que é natural faz bem. A verdade é que deve-se ter muita cautela em relação a esses pensamentos, pois muitas substâncias podem causar alergias, queimaduras, entre outras reações que podem levar a sérias consequências. Por isso atente-se para a substância que está utilizando, sua concentração, forma de uso correta e até mesmo possíveis incompatibilidades.


Qualidade da matéria prima

Uma vez pesquisado sobre a formulação, é hora de adquirir as matérias primas. Dê preferência para lugares confiáveis e certificados. Optar por insumos baratas e de origem duvidosa podem não trazer o resultado esperado, ou ainda ter efeitos negativos.


Embalagem de encher os olhos

Caso esteja disposto(a) a investir numa produção para vendas, dê atenção aos pequenos detalhes, como por exemplo a embalagem. Utilize materiais vegetais, papéis recicláveis, flores secas entre outras coisas que  tornarão seu produto ainda mais atraente. Abuse da criatividade!


Agora que você já conhece um pouco mais desse universo dos cosméticos caseiros, é a sua vez de dar o primeiro passo. A Farmácia Jr. possuí diversos serviços na área de cosméticos, que podem lhe ajudar a alavancar seu negócio. Acesse nosso site e marque uma reunião diagnóstico!


0 visualização0 comentário