Produtor de alimentos: você conhece a diferença entre alimentos light e diet?


Durante a ida ao supermercado, pode ser difícil para muitos consumidores entender o significado das informações dispostas no rótulo, sobretudo qual tipo de alimento é o mais indicado para o consumo de acordo com as suas necessidades nutricionais.


Ainda, essa dificuldade é estendida aos produtores de alimentos de pequeno porte, ao passo que desejam se regularizar frente a ANVISA em termos de rotulagem, mas não compreendem bem em qual categoria podem enquadrar o seu produto. Ou pior: desejam enquadrá-lo em alguma categoria específica para que o produto tenha mais visibilidade ou aumento das vendas e o fazem de forma incorreta, o que pode acarretar em uma série de consequências negativas, como a perda de credibilidade diante do consumidor.


Se você leu esse texto até aqui e deseja saber qual é a diferença entre alimentos light e diet, confira:



O que é um alimento diet?


Os alimentos diet são fabricados para pessoas com necessidades nutricionais específicas, o que não significa que essa necessidade é a proibição do consumo de açúcares. Por exemplo, os alimentos diet são isentos da adição de algum nutriente que pode ter o consumo prejudicial a algumas pessoas, como gorduras, sódio, glúten e não apenas o açúcar.


Diante disso, é muito importante especificar no rótulo qual é o ingrediente que está sendo excluído, com frases como “zero adição de…”, “sem adição de…”, dentre outros. É válido ressaltar que as informações fornecidas devem ser verdadeiras, assim, condizentes com a receita do produto, sempre atendendo as normas estabelecidas pela ANVISA.



O que é um alimento light?


Os alimentos light, por outro lado, são direcionados a pessoas que buscam uma alimentação mais saudável e, assim apresentam apenas uma redução mínima de 25% de determinado nutriente – que pode ou não ser o açúcar – ou calorias em relação à receita original do mesmo produto.


Por exemplo: a versão light da geleia de amoras da dona Maria seria essa mesma geleia de amoras com 25% menos açúcares ou calorias, o que poderia ser feito substituindo o açúcar cristal por um edulcorante que atenda as expectativas do produtor e do consumidor, sem alterar a qualidade do produto. Fácil, não?


E se eu não quiser fazer tantas alterações no meu produto?


Ao ler este artigo, você pode ter pensado que reduzir em 25% um ingrediente ou retirá-lo por completo de sua receita pode ser uma mudança muito grande para quem deseja apenas tornar o produto mais atrativo por ser saudável, preservando o sabor, consistência, aroma e outras característicos de cada receita de sucesso. Se esse for o seu caso, não se preocupe: existe uma alternativa perfeita para o seu produto!



Você já ouviu falar em Informação Nutricional Complementar (INC)?


A INC é qualquer representação que afirme, sugira ou implique que um alimento possui propriedades nutricionais particulares, especialmente, mas não somente, em relação ao seu valor energético e/ou ao seu conteúdo de proteínas, gorduras, carboidratos e fibra alimentar, assim como ao seu conteúdo de vitaminas e minerais.


Assim, você poderá analisar meticulosamente a formulação do seu produto e, de acordo com a sua composição e respeitando as normas da ANVISA, inferir que o seu alimento é rico em determinado ingrediente, fonte de outro, ou ainda que apresenta baixo teor de gorduras, ou calorias. E o que é ainda melhor: essas informações positivas podem aparecer em destaque na frente do rótulo do seu produto no que é chamado de Rotulagem Facultativa!


Neste texto, você aprendeu um pouco mais sobre as diferenças entre alimentos light e diet e sobre alternativas para deixar o seu produto atrativo para o consumidor, que é sempre preocupado com sua alimentação, sem precisar fazer alterações indesejáveis em sua receita.


Se você gostou do post, não deixe de nos seguir nas redes sociais @farmaciajr para receber periodicamente atualizações sobre o universo dos alimentos!


Por Gabriella Matos

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Desenvolvido por Farmácia Jr. Consultoria.